pre-ref 44  

Ref. 44:
O dia após da dissertaćčo feita por Homo de nossos representantes denominacionais, o próprio governo entrou no caso. Esta referźncia é em relaćčo a um anúncio feito pelo governo a dizer que investigará as denominaćões na Suécia que recebem o suporte financeiro do governo (21 no total), para verificar que as mesmas abriram suas portas ą sodomia, incluindo a aceitaćčo de Pastores homossexuais. Traduzido em sua língua lź-se (em parte):


"As denominaćões serčo investigadas durante a primavera"

O governo irá investigar se as denominaćões fazem o bastante para neutralizar a discriminaćčo contra homossexuais. Essa mensagem foi entregue ontem pelo provedor da justića pela discriminaćčo feita ą orientaćčo sexual, homo, ao ministro de cultura Marita Ulvskog.

No dia seguinte ą reuničo do Homo com os representantes daquelas denominaćões que recebem contribuićões financeiras do governo, como nós relatamos ontem, a situaćčo aterrou no colo do governo. George Sved, porta-voz para o homo, declarou:
"Nós declaramos em uma reuničo com Marita Ulvskog que o governo deverá continuar a investigar se as denominaćões cumprem com a lei de trabalhar contra qualquer forma de discriminaćčo."
"E que resposta vocź obteve?"
"Que é a opiničo do governo que a lei deve ser seguida e aplicada."
A história legislativa da lei sobre o suporte financeiro pelo governo ąs denominaćões exije que todos as formas de discriminaćčo devem ser rejeitadas. O homo afirma que existem exemplos nas igrejas onde houve uma violaćčo da lei e consequentemente quer investigar a posićčo das denominaćões no que diz respeito a sua demanda. A reuničo na terća-feira era um passo a mais nesta investigaćčo.


Para ler o texto original em Sueco clique aqui (tamanho do ficheiro: 2.2 MB)